Declaração do Imposto de Renda sem obrigação pode gerar restituição

 


Prazo para o envio da declaração acaba no dia 29 de abril, pagamento pode ser feito via Pix

Este ano a restituição do imposto de renda completa 100 anos. O contribuinte que mesmo não sendo obrigado a declarar e que teve ainda o IR descontado no ano passado pode receber de volta os valores que pagou. Isso acontece em casos de contribuintes que tiveram o dinheiro retido na fonte no ano passado. A Receita Federal informa também que se o valor for de fato de imposto a restituir, o valor excedente de tributo pago será devolvido na conta bancário ou pix indicado na declaração.

Os brasileiros com rendimentos anuais de R$ 28.559,70 ou mais devem declarar até o dia 29 de abril. Os trabalhadores que possuem renda anual menor do que esta não precisam declarar, mas ainda assim, em alguns casos tiveram que pagar imposto ao governo federal, então, quem declarou recebe de volta o IRPF retido na fonte.

De acordo com o contador e advogado tributário, diretor da R&F Suporte Empresarial, Renato Dias explica que “Em alguns casos os contribuintes devem declarar o IR, ainda que não seja exigido, para ter o valor pago no ano passado restituído. Os trabalhadores podem ter recebido durante alguns meses no ano passado salários mensais que não estariam abaixo da isenção do tributo, mas que no total anual não chegou ao valor absoluto para a prestação de contas. 

Alguns casos em que o dinheiro ficou retido na fonte e pode ser devolvido caso o contribuinte declare o IR 2022. Quem teve contrato intermitente, quem trabalhou por pouco tempo em uma empresa, quem teve redução salarial, quem realiza declaração completa, pode ter dedução de saúde, eduação e ainda de previdência. 

O cidadão pode ainda receber o aviso do pagamento da restituição feito pela Receita Federal através do aplicativo da Pessoa Física do governo federal que indica quando o dinheiro for encaminhado para a conta informada. 

Restituição via Pix

Uma das pricipais novidades do IR deste ano é a restituição via Pix, porém, é preciso que a chave seja somente  o CPF do titular da declaração. Não é possível informar chave Pix diferente do CPF, seja ela e-mail, telefone ou de outro tipo.

Caso a chave Pix (CPF do titular da declaração) não estiver cadastrada (associada a uma conta válida), o valor não será creditado e o contribuinte terá que reagendar o crédito da restituição pela Central de Atendimento do Banco do Brasil (4004-0001 capitais ou 0800-729-0001 demais locais), informando uma conta válida.

Além do uso do Pix para ter a restituição, o Imposto de Renda 2022 traz novidades aos contribuintes .Entre elas, a possibilidade de ter boa parte da ficha já pré-preenchida (incluindo empresas pagadoras, valores recebidos e consultas médicas).

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem