Mercado de orgânicos abre as portas para agricultura familiar

Agricultores familiares já começam a expor sua produção neste sábado (5), em uma unidade especializada do Sudoeste

A rede Malunga, especializada na comercialização de produtos orgânicos, está abrindo as portas para a agricultura familiar a partir deste sábado (5). A entrada desses produtores, que são atendidos pela Emater, foi possível graças à intermediação da empresa junto às partes.

As tratativas envolveram um extenso trabalho da Gerência de Comercialização e Organização Rural (Gecor) da Emater na classificação dos produtos, orientação aos agricultores familiares sobre aspectos comerciais, fiscais, tributários, contábeis, sanitários e certificações de selo, além dos demais procedimentos inerentes à comercialização em grandes redes varejistas.

Agricultores familiares recebem orientações da Emater para ampliar vendas de sua produção | Foto: Divulgação/Emater

“Os agricultores familiares não têm expertise nesse tipo de comercialização e, em sua maioria, não utilizam serviços contábeis”, explica a extensionista da Emater Amanda Ventorim. “Dessa forma, a Emater foi fundamental para introduzir os produtos de mercearia da agroindústria familiar em um nicho tão diferenciado.”

O projeto-piloto vai começar na unidade do Mercado Malunga no Sudoeste, com os produtos dos agricultores familiares Maria Conceição Silveira Campos e Edson Rodrigues. Eles vão fornecer misturas práticas de risotos em seis sabores diferentes. Além de fortalecer a agricultura familiar, a comercialização por grandes redes de mercados mostra a diversidade e qualidade da produção local.

*Com informações da Emater

The post Mercado de orgânicos abre as portas para agricultura familiar appeared first on Agência Brasília.



Fonte: Agência Brasília

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem