Parceria leva imunização contra a covid-19 para dentro de escola

A dona de casa Verônica Alves Neves de Souza, 29 anos, estava ansiosa para receber a dose de reforço contra a covid-19. Na manhã deste sábado (19), ela levou dois dos três filhos que estão na faixa etária apta a receber o imunizante até o Centro Educacional 1 (CED) da Estrutural. A escola foi a primeira a receber a vacinação itinerante, promovida em parceria com a Secretaria de Educação. A ação teve início às 9h e seguiu até as 17h, com total de 583 doses aplicadas.

No CED 1 da Estrutural, mais de 580 doses foram aplicadas contra a covid-19 nesse sábado | Fotos: Sandro Araújo/Agência Saúde DF
“As crianças do Distrito Federal já vinham sendo vacinadas, mas nós decidimos ampliar para as escolas pensando naqueles pais que trabalham durante a semana” - Hélvia Paranaguá, secretária de Educação

Verônica disse que tomou a segunda dose em setembro e desde janeiro precisava do reforço. Contar com a vacinação perto de casa possibilitou que ela conseguisse completar o ciclo de imunização. “Sabia que aqui seria garantido, então, quando fiquei sabendo, já falei para os meninos que a gente ia se vacinar”. Moradora da Estrutural, a dona de casa ficou sabendo da ação pelo sobrinho que estuda no CED. A informação também foi divulgada por meio de aplicativos.

Assim como Verônica, a dona de casa Cinéa Guilherme da Silva, 40 anos, aproveitou para ficar em dia com o calendário de vacinação contra a covid-19. Gestante de 35 semanas, em consulta do pré-natal, foi orientada a reforçar a imunidade contra o coronavírus. Moradora das proximidades, ela decidiu tomar a vacina superando o medo de alguma reação adversa. “Sei que é melhor do que ficar sem essa proteção, para mim e para meu bebê”.

Esforço em parceria

“A ação extramuros é quando saímos de dentro da unidade básica de saúde, quando levamos a vacina para perto da população. Queremos o máximo de vacinados” - general Manoel Pafiadache, secretário de Saúde

O secretário da Saúde, general Manoel Pafiadache, afirmou que os esforços da pasta estão concentrados em conseguir expandir cada vez mais a vacinação. “A ação extramuros é quando saímos de dentro da unidade básica de saúde, quando levamos a vacina para perto da população. Queremos o máximo de vacinados”, reforçou.

O gestor da pasta ressaltou outras ações do Governo do Distrito Federal para ampliar a cobertura vacinal. “Temos postos noturnos, drive-thru e locais em funcionamento aos sábados e domingos”, acrescentou. A lista completa dos locais pode ser consultada no site da Secretaria de Saúde.

“As crianças do Distrito Federal já vinham sendo vacinadas, mas nós decidimos ampliar para as escolas pensando naqueles pais que trabalham durante a semana”, disse a secretária de Educação, Hélvia Paranaguá. “A escola também é um espaço mais lúdico, com o qual a criança já está familiarizada e pode brincar e interagir com os colegas”, completou.

Hélvia Paranaguá esclareceu ainda que a opção pelo sábado e não por um dia normal de aula também foi em razão do tempo de 20 minutos que a criança teria de esperar para retornar à sala, conforme as normas da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). “O aluno fora da aula num momento em que ela tem de recompor as aprendizagens seria ruim”, afirmou.

A escola estava decorada com balões coloridos, havia cama elástica e música para que os pequenos pudessem se divertir no dia que iniciaram ou completaram o ciclo vacinal.

Feira da Candangolândia

A equipe da UBS 1 da Candangolândia organizou evento, também neste sábado, para vacinar contra a covid-19 os frequentadores da feira permanente local. Os agentes de saúde ofereceram imunizantes para crianças a partir de 12 anos e adultos. A funcionária da limpeza e moradora do local Francisca Ramos, 53 anos, disse que o horário livre não conciliava com o funcionamento da UBS na região e que aguardava uma oportunidade para completar a vacinação.

A funcionária da limpeza e moradora do local Francisca Ramos, 53 anos, comemorou a oportunidade para tomar a dose de reforço contra a covid-19

“Quando tomei minha primeira e segunda dose, eu estava de férias. Cheguei aqui às 7h40 para garantir que vou sair daqui imunizada”, comemorava. A ação começou às 8h30 e seguiu até 12h40, com 200 vacinas aplicadas. No evento, ainda houve testagem rápida pra covid-19, aferição da pressão arterial e exame de glicemia.

*Com informações da Secretaria de Saúde

 

The post Parceria leva imunização contra a covid-19 para dentro de escola appeared first on Agência Brasília.



Fonte: Agência Brasília

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem